Para uma Timeline a Haver

João dos Santos Martins

João dos Santos Martins (Santarém, 1989) é um artista que trabalha através da dança e coreografia, distribuindo a sua prática em múltiplas colaborações. Organizou o ciclo Nova—Velha Dança (2017) em Santarém e edita o jornal Coreia dedicado ao discurso das artes e dos artistas. Em 2016 recebeu o prémio SPA para coreografia.

Ana Bigotte Vieira

Ana Bigotte Vieira (Lisboa, 1980). Historiadora, Curadora, Dramaturgista, Tradutora. Programadora de discurso no Teatro do Bairro Alto, a sua investigação tem incidido sobre o experimentalismo nas artes e as transformações culturais e urbanas da segunda metade do século XX. É investigadora no Instituto de História Contemporânea e no Centro de Estudos de Teatro.

Carlos Manuel Oliveira

Carlos Manuel Oliveira (Santarém,1980). Após um período de investigação académica dedicado à crítica da relação entre a coreografia e a dança, bem como aos modos de existência do conhecimento que lhes está associado, dedica-se agora a produzir, criar e apresentar o seu trabalho artístico, sem abandonar os mesmos problemas.

Para uma Timeline a Haver é um exercício colectivo de investigação da dança como prática artística em Portugal nos séculos XX e XXI. O projecto propõe a construção singular de uma série de cronologias, relacionando eventos de matriz social, política, cultural e artística — sugeridos como significativos por bailarinos, coreógrafos, especialistas e espectadores. Após uma residência de três meses na Escola Superior de Dança, o projecto chega ao Cartaxo para dar a conhecer esta parcela pouco documentada do nosso património cultural.

 

 

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA OFICINA PARA UMA TIMELINE A HAVER – ATÉ 2 DE OUTUBRO

 

Esta oficina tem por objectivo formar eventuais guias / intérpretes / mediadores locais para a exposição presente no Centro Cultural do Cartaxo, de modo a apresentá-la à comunidade e às suas escolas durante o período em que o projecto está no Cartaxo. Propõe-se, partindo da própria exposição, problematizar as concepções de dança e tipos de práticas corporais que lhes estão associados, bem como as noções de história que esta exposição permite vislumbrar — para os relacionar com outras áreas de conhecimento, revisitando assim o nosso passado recente e as formas de o narrar.

 

Não é necessária experiência prévia em dança nem o conhecimento do seu passado.

 

Com Ana Bigotte Vieira e Carlos Oliveira
 

Horário: Sábado, 5/10, das 15h00 às 18h30
Local: Centro Cultural do Cartaxo
Destinatários: professores, estudantes, bailarinos, artistas, público em geral
Nº de participantes: Máx. 12

 

Participação gratuita sujeita a inscrição prévia.

 

Os interessados podem contactar a Materiais Diversos através do email info@materiaisdiversos.com ou do telemóvel 915073318.

 

 

4 out. 19h
Centro Cultural do Cartaxo
 
Visita guiada Para uma Timeline a Haver
Com Victor Hugo Pontes
 
60 min.
 
Para uma Timeline a Haver é um projecto colectivo de pesquisa e, nesse sentido, tem contado com a colaboração de um leque cada vez maior de artistas, programadores, professores, investigadores e espectadores. No dia 4 de Outubro, o público é convidado a acompanhar o coreógrafo Victor Hugo Pontes numa visita guiada que trará uma nova visão e revelará mais uma camada de memórias e acontecimentos.

Curadoria Ana Bigotte Vieira Investigação, edição e produção Ana Bigotte Vieira, Carlos Manuel Oliveira, João dos Santos Martins Design Ana Schefer e Teo Furtado Produção Associação Parasita Co-produção 2019 Materiais Diversos, Alkantara Festival Apoio Fundação Calouste Gulbenkian, Câmara Municipal de Santarém, Teatro Sá da Bandeira, Teatro Viriato, Livraria Tigre de Papel, Escola Superior de Dança, Governo de Portugal/Ministério da Cultura e Direcção—Geral das Artes (no contexto do apoio à programação 2016) Parceria IHC Instituto de História Contemporânea, Centro de Estudos de Teatro (FLUL)